Algumas considerações sobre o Tantra

Eu acredito que temos muito que aprender com o Tantra ou Neotantra sobre como elevar o prazer e aprofundar a intimidade.

A visão mecanicista do sexo que conhecemos não consegue proporcionar uma sensação de plenitude,  nos levando ao êxtase  que é o foco do tantra e não o orgasmo genitalizado.

 Além do Tantra ter uma visão sagrada da Sexualidade,  enxergar  a mulher como uma Deusa,   buscar despertar o  amante interior de cada, acreditando que primeiro precisa-se   aprender  a amar a si próprio antes de amar o outro. E redescobrir o seu corpo como um templo sagrado do amor e prazer.

Para isto é fundamental uma relação franca com intimidade verdadeira verbal, afetiva e sexual entre você e seu parceiro, a fim de que possa haver uma entrega total de dois corpos, dois corações e duas almas.

Com o Tantra também aprende-se a arte de relaxar, se soltar, o jogo da sedução, gerar excitações, expandir a capacidade orgástica, envolvendo o corpo todo, experienciando o êxtase sexual em sua plenitude, aprendendo a arte  de amar, dar e receber  amor e prazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*