Liberando o orgasmo Feminino parte I

“Assumindo as responsabilidades”

 A capacidade das mulheres para ter orgasmos é realmente incrível. Elas podem ter vários, repetidamente, e mesmo assim estão sempre prontas para mais. Esta capacidade parece inesgotável. Podem experimentar orgasmos clitorianos, orgasmos do ponto-g, orgasmos vaginal, orgasmos ejaculatórios, orgasmos misturados, e não somente um, mas múltiplos. As mulheres foram de certa maneira ‘’ abençoadas ‘’ em ter uma única parte do corpo, o clitóris, cuja única finalidade é prazer sexual.

Por que é então que muitas mulheres são frustradas em vez de estarem satisfeitas? Porque é que para muitos casais, o orgasmo da mulher permanece um sonho?

O primeiro passo no sentido de liberar o orgasmo da mulher, é que ambos homens e mulheres compreendam que os homens não dão orgasmos às mulheres. A verdade é que as mulheres permitem-se ou não terem orgasmos. Apesar da opinião popular, não importa quanto um bom amante o homem possa ser.

A menos que ela dê a ela mesma os prazeres de seu próprio corpo, ela não terá orgasmos. Dar prazer a si mesma tira toda a pressão de uma performance que geralmente se faz na frente do  parceiro, e a libera para que tome as responsabilidades por ela mesma. Esta é uma responsabilidade estritamente da mulher. É a realização sozinha que abre as portas para que ela se torne orgástica.

Isto é muito importante. Se sua mulher estiver responsabilizando-o, e você também se responsabilizar por ela não ter orgasmos, é muito provável que vocês estejam olhando na direção errada para resolver o problema. É claro que um homem sem prática, egoísta, insensível, pode ser um problema.

Dizer que uma mulher é responsável pela sua própria realização sexual não significa que você tenha que deixar tudo com ela. Apesar de tudo, quanto mais hábil e atencioso um amante é, mais prazer ela recebe, e embora você não possa dar um orgasmo à mulher, você certamente pode ajudá-la a ter um, ou vários.

A grande barreira para o orgasmo das mulheres são os pensamentos’’distrações ‘’ que flutuam em sua mente, trazendo-as para a cabeça e desviando a sua atenção do momento e do que está acontecendo com seu corpo. Assim que ela começa a pensar, estará fora do momento presente, perdendo contato com seus sentimentos e conseqüentemente com seu prazer.

Alguns destes pensamentos podem ser de sentimentos de vergonha ou de culpa por experimentar o  prazer sexual, porque não importa o quanto liberadas nossas atitudes para o sexo pareçam ter se tornado, lá no fundo ainda existe aquela voz que diz ‘’ boas meninas não fazem ‘‘.

Além de preocupar-se se são “garotas boas ou más” quando realmente apreciam e querem o sexo, outra preocupação de muitas mulheres está em ‘’ fazer o sexo direito ‘‘. Preocupam-se sobre; como se parecem, com a barriguinha, celulite, com seu cheiro, gosto e se estão limpas ‘’lá em baixo’’. Preocupam-se com o tempo para atingir o clímax, quanto tempo o homem vai ter que ‘’gastar’’ com ela, beijando, lambendo, fazendo caricias, para que ela chegue ao orgasmo. E ainda ‘’ Ele está fazendo tudo isso, e se eu não gozar?’’

Todos estes problemas também estão associados com a arte de RECEBER, pois fomos ensinados que dar é melhor do que receber, o que significa em outras palavras: ‘’RECEBER não é tão bom assim’’.Isto ficou muito marcado em nosso subconsciente.

E aquelas que se permitem os prazeres do corpo, as vezes, podem se sentir moralmente

 Você pode ajudar sua mulher a ir além destas repressões, deixando-a saber, o quanto você a respeita, admira e estima sua sensualidade e sexualidade como mulher. Diga-lhe freqüentemente, especialmente quando vocês fazem amor, o quanto excita você em vê-la totalmente solta e colocando para fora o seu lado selvagem.

E para ajudá-la a permanecer no momento e nos prazeres de seu próprio corpo, fiquem olhando-se nos olhos, (isto é muito importante, pois ajuda a mente a não sair voando pelo espaço) diga-lhe com palavras, gestos, o quanto você a deseja, o quanto você gosta dela, que você quer devorá-la com sua língua, suas mãos, que você poderia ficar assim com ela por horas, dias, e o quanto é bom para você poder dar prazer à ela.

Uma vez que ela seja capaz de relaxar nas delicias do ato sexual e manter sua atenção nas sensações do seu corpo em vez de ‘’ficar escutando sua cabeça’’ o caminho para o orgasmo estará Ajude-a esquecer sobre tentar fazer o orgasmo acontecer, ao invés disso leve-a a focalizar, apreciar cada momento do ato sexual. Ajudar sua mulher a ‘’ despertar ‘’ sua sexualidade, certamente fará com que você realmente goste da idéia. Você terá ótimas surpresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*